quarta-feira, 30 de setembro de 2015

Sobre inflar o ego e essa tal de autoestima...

By Ane Almeida

Primeiro, não quero saber se você é gorda, magra, vesga, baixa, alta, com estria, com celulite, sem peito, bunda caída ou o infinito...



Quero que saiba que tem gosto pra tudo, com todas essas qualidades que você acha que são defeitos, graças a sociedade que prega um padrão de beleza pra ser aceito.

Você quer ser aceita por quem, amor? Se aceite do jeito que você é. Invista na postura e naquele sorriso maravilhoso, sabendo que você pode até se sentir excluída, mas tem pessoas no mundo que vão te apreciar do jeito que você é.

Uma prova disso são os homens que acham lindo aquelas mulheres que passam 30 horas na academia, enquanto outros acham feio uma Graciane da vida. Por que o mesmo não pode acontecer com você? 

Então se o boy virar e colocar defeito no seu kilo a mais, fala pra ele que tem quem goste. Infle seu ego, se olhe no espelho e se ame.



Pessoas com baixa estima evitam espelhos. Eu mesma já fugi anos do espelho me achando um bicho, e tive que passar por esse processo de amor próprio. Quando as pessoas me perguntam sobre a minha aparência no passado, eu sempre respondo que sou a evolução do pokemom. Essa resposta é apenas o reflexo de como eu me sentia na época, até o dia que resolvi mandar os padrões de beleza da sociedade para @#$%%¨. Peguei o espelho para ver que "bicho" que eu era. Me vi e identifiquei a raça. Eu sou humana*, eu gosto de homens com jeito de mau elemento. Por que ninguém iria gostar de mim?

Então deixa de besteira e venha se olhar no espelho comigo. Vamos descobrir a sua raça juntas  e vamos notar que existem outros do mesmo tipo.

Vamos andar na rua sorrindo, desfilando para vida, que por acaso é só uma e não há tempo pra gente ficar se sentindo mal com a própria aparência. Afinal, o que é julgado como bonito pela sociedade hoje, vai passar pelos mesmos processos de julgamento da espécie amanhã, não é?

E já que há gosto para todo tipo de pessoa, quando estiver andando na rua, lembre-se deste conselho: “Tem alguém me apreciando!” 


*Para entender melhor o conceito de raça, que é uma só, a humana:
http://www.historianet.com.br/conteudo/default.aspx?codigo=1026


terça-feira, 29 de setembro de 2015

Sobre a crise dos 30 e a tal maturidade

By Maína Lins

Mais um dia no olimpo enquanto me aproximo cada vez mais dos 30 (a três meses dele). Tudo está mudando e mudanças são sofridas, daí a crise.



É nesse momento que o autoconhecimento começa a fazer todo sentido, e para se autoconhecer se faz necessário uma série de questionamentos.

Pense em você, apenas em você. Quais seriam seus reais desejos, vontades, anseios, pensamentos. Reflita sobre isso como se não houvessem princípios, nem valores, nem regras sociais ou religiosas. Como seria você em sua forma mais "nua e crua". Pode ser assustador descobrir quem realmente somos. Como adequar tudo isso a uma vida inteira de quase 30 anos construída sobre tantos dogmas e paradigmas. Haveria uma forma de equilibrar tudo isso?

A partir daí começamos a refletir. "E daí, já tenho quase 30 mesmo, pago minhas contas, sou livre". "Mas e os princípios do fulano que me ajudou tanto, e ciclano que me acompanhou durante todo esse tempo, e beltrano que me ama ...". Milhões de pensamentos de culpa e liberdade se confundem em nossa mente. E afinal, quem eu sou, qual meu papel nessa história toda, como ser eu mesmo sem dor para mim e para os outros?

Começamos então a experimentar coisas novas, experimentar novos limites, colocando a prova ensinamentos, conselhos, dogmas e paradigmas. Experimentamos às vezes com um pé atrás, com certo receio, com medo, mas em outros momentos vivemos tudo sem nenhum pudor. Os sentimentos se tornam um montanha russa e com toda emoção possível.

A partir daí, de cada experiência própria, de erros, acertos e bolas na trave, de sofrimentos inevitáveis e de sorrisos eufóricos, que vamos encontrando o equilíbrio da vida. Pouco a pouco descobrimos cada vez mais de si próprios e nosso lugar no mundo e quem sabe um novo rumo a seguir. Afinal, aos 30 ou quase isso, se pode tudo.

Uma viagem inesquecível. Outra graduação ou prosseguimento em um mestrado ou doutorado. Viver de luz ou colocar silicone. Chutar o balde ou o pau da barraca. Simplesmente decidir ficar e voltar pra casa. Filhos sozinha, filhos casada ou congelar os óvulos. Balada ou casa na praia. Paris ou Maceió. Carro ou biclicleta. Sucesso profissional ou nas redes sociais. Um blog ou um livro. Cachorro quente ou frutos do mar. Vinho ou cerveja. Ficar ou relacionamento sério. Um boy, todos eles ou nenhum. Tanto faz, esse é o momento. 

Pode ser mais dolorido quando esse processo ocorre tardiamente, mas nunca é tarde, mesmo que por muito tempo alguns de nós tenham permanecido num tipo de Caverna de Platão. Tudo bem sair aos 30, pior se esperasse pra sair aos 40. E talvez seja necessário que esse mesmo processo volte a acontecer em novos contextos, quem sabe numa nova crise aos 39.

Depois de tudo isso, poderia me considerar madura? Talvez a maturidade seja reconhecer que não sabemos nada dessa vida e que, talvez, mais 30 anos não sejam suficientes para saber alguma coisa.


Para os que ainda não entendem isso,  a culpa é do relógio biológico: tic-tac-tic-tac...




segunda-feira, 28 de setembro de 2015

Sobre o dia da bola...e da pescaria e dos jogos em rede e da cerveja etc.

By Maína Lins

Não gata, ele não deixou de te amar. Ele é apenas um ser do sexo masculino.

Vamos entender melhor.

É totalmente normal e compreensível o moço ter um dia ou dois na semana reservado para encontrar os amigos, tomar uma gelada, jogar bola etc. Coisas de seres-humanos, pessoas sociais, que precisam da coletividade para manutenção da existência da terra. 

Pense, você não adora sair com as amigas? Já falei aqui sobre isso aqui no blog. A situação é semelhante.

Continuando o assunto. Se ele adora jogar bola, significa que ele é um rapaz saudável, com condicionamento físico favorável para as demais atividades da vida. Se ele curte sair com os amigos para o bar, entendo que ele é bem bem quisto, ou seja, as pessoas gostam da companhia dele. Nesse caso, eu iria junto para aproveitar também, a menos que seja uma reunião exclusivamente masculina. Nesses casos, aproveite a oportunidade para marcar com as amigas, super democrático.

Deixe a desconfiança pra lá, mas não seja boba. Diga que confia nele e deseje boa diversão. Costumo dizer que a confiança tem peso maior que o ciúme. Faça o teste. 

Entretanto, nunca esqueça que a confiança precisa ser recíproca. De nada adianta que apenas ele tenha liberdade para esses momentos. Mesmo que não goste, dê um jeito de usufruir desses tipos de momentos também. Tenho certeza que os amigos dele também tem outras namoradas, esposas, irmãs, amigas, ficantes. Gente que poderá se unir a você enquanto eles são homens em outro lugar.

Agora, se esses momentos se tornarem recorrentes e não houver tempo para os dois, então é melhor repensar a situação, gata.



Sobre homens cavalheiros...eles existem?

By Ane Almeida


Amiga, no ínicio o homem vai se esforçar e fazer de tudo pra te agradar. Se logo de início ele não fizer, corre. Ou ele será um péssimo parceiro ou ele já está sendo cavalheiro com outra. Pior, ele já foi gentil com a outra e agora quer ser vida louca! 




De toda forma, permita-se ser agradada, sorria, seja simpática. Mas não acaba por aí. 

Faça o famoso teste para saber se ele é realmente um homem cavalheiro. Quando digo teste, não sugiro que perguntem se eles querem te agradar. Sugiro que confrontem os desejos deles em coisas pequenas. Imagine que você chega com o boy no restaurante e sabe que ele adora tomar vinho e sempre pedirá vinho. Diga que hoje quer tomar suco de laranja. Vamos as pontuações. Se ele pedir suco de laranja para os dois, ponto pra você, ele quer muito te agradar. Se pedir vinho pra ele e suco pra você, ele quer ser gentil. Se pedir vinho para os dois, então é hora do adeus em grande estilo, a não ser que você só esteja interessada no encontro casual e caia fora.

Gatas, é importante usar o ego para escolher quem vai estar do seu lado desde já, no início. Se você deixar de analisar o homem que poderá te contemplar com uma união estável agora, numa decisão futura você será influenciada por outros fatores.

Quem não escolhe bem agora, pode vir a se relacionar com "ogros" mal educados e egoístas. E pode ser que você só descubra isso depois de muita convivência. 

Tem muita opção de homens e mulheres no mercado. Enquanto isso fique solteira mesmo. Não mata, não te chama de gorda, não joga tudo pra você fazer e o melhor, esse processo de achar o par ideal é tão gostoso! 

Sobre o look de uma segunda-feira nublada...

Bom dia, pessoas!



O clima de Brasília sempre será uma incerteza. Parece humor de mulher, muda toda hora...

Pra quem não sabe se vai chover,  ou se o dia vai continuar assim ... mais ou menos, esse vestido jeans flare pode ser uma boa opção.

Com ar de moça comportada, o modelo garante que não passará frio com possível ventinho de chuva. O tecido jeans, confere neutralidade ao look, trazendo liberdade para acessórios. Mais uma vez, a cintura marcada ressalta os contornos do corpo e saia ampla deixa o dia mais confortável.

Nos pés, a aposta foi essa sandália super colorida da Carmen Steffens. É de coleção passada mas tem modelos semelhantes no site. O salto mais grosso trás segurança para quem precisa enfrentar as calçadas brasileiras durante o dia.

Por fim, essa bolsa bafo da Corello. Os tons neutros permitem que ela seja usada nos mais diversos looks e ainda fica com jeito de moça fina, séria, Creio que passarei meses com ela, esquecendo-me de todas as outras. É um tipo de bolsa democrática, coringa, clássica, elegante e com amplo espaço interno. Vale o quanto custa, afinal bolsas semelhantes de mesmo material custarão mais que o dobro em outras marcas. 

Coragem, pessoal! A semana está só começando.



Vestido: http://www.damyller.com.br/vestido-medio-fit-flare-jeans-4v0sp49/p
Bolsa: http://shop.corello.com.br/bolsa-firenze-bicolor-7609.aspx/p
Sandália: http://www.carmensteffens.com.br/departamento/sapatos_sandalia
Batom: http://www.quemdisseberenice.com.br/batom-liquido-mate-quem-disse--berenice.htm

sábado, 26 de setembro de 2015

Sobre meninas que sabem conversar...e seduzir


By Ane Almeida



Lembre-se que o primeiro passo, caso esteja conhecendo o boy é a apresentação. Você começa dizendo quem você é, depois ouça as referências dele. Essa fase é muito importante pra você delimitar a personalidade desejada né, não é porque o boy é bonito que ele vai ser tudo de bom!

Outro passo importante para uma ótima conversa é o chamado “Controle a Matraca”. Chegue a conclusão do andamento da conversa fazendo a análise de quem fala mais, as vezes nos empolgamos tanto que queremos morrer de falar e depois ficamos com aquela sensação de que a conversa foi ótima, mas isso é uma inverdade gata, você quer que o boy saia com essa sensação né?! Então vamos lembrar da tia da escola que diz que quando um fala o outro ouve e vamos ouvir tudo o que o boy tem a dizer, e afinal, se ele for esse encanto mesmo, a conversa será "maravilinda" só de ouvir o que ele tem a acrescentar na sua vida né?

Acabou o assunto? O que fazer? 
Sabemos que muitas vezes falta aquele assunto pra chamar a atenção do boy. Para solucionar esse problema e dar um HELP pra você, vamos pontuar dicas de assuntos que eles gostam!

Infelizmente essa história de que os opostos se atraem é balela, se duvidar é só ligar pro boy e falar sobre esmaltes, cabelos e roupas, no máximo ele irá concordar com seus argumentos e fazer umas perguntinhas genéricas. Então temos que ter uma estratégia pra hora que o assunto acaba e você quer continuar com a atenção dele né gata!

Essa medida é composta de experiências na área do amor! E você sabe do que eu estou falando... daquele momento que você está conversando com o boy que você está gostando e bate aquele silêncio, aí você corre e liga ou manda uma mensagem pra sua amiga dizendo:- Amigaaaaaaa, me ajuda! O assunto acabou, o que eu faço?

Lembrando: Só use esse método se o boy estiver interessado em continuar conversando com você, caso não esteja, manda ele pastar e amor ao próximo baby. 

Chega de enrolação e vamos aos tópicos mais esperados do momento:

1.    Se seu boy não passou a infância trancado em uma fazenda ou querendo ser o Ronaldinho fenômeno, provavelmente ele foi pro mundo dos jogos online, é isso mesmo gata, enquanto você jogava os jogos de meninas, aqueles que você cuida do bebê, coloca roupas nas bonecas e faz maquiagem e unha, os boys estavam nos famosos jogos de MMORPG. Essa técnica também funciona pra quem quer iniciar um assunto, um exemplo disso foi a minha recente postagem no snap da minha boneca do RAGNAROK, na mesma hora recebi um monte de snaps de homens perguntando se eu jogo, com isso batemos papo durante horas. Com isso sugiro que olhem essa lista de jogos de MMORPG e façam a famosa pergunta :- Você já jogou ou joga algum jogo de RPG? 
Dê uma olhada nesses que segundo os meninos são os mais famosos :                               Ragnarok: http://levelupgames.uol.com.br/ragnarok/                              
World of Warcraft: http://us.battle.net/wow/pt/                             
League of Legends: br.leagueoflegends.com/


2.    Filmes, séries e animes, são ótimos pra iniciar uma conversa, por exemplo, eu já assisti duas séries, que foram “The walking dead” e “How I meet your mother” e ainda não terminei “Criminal Minds” e “That 70’s show” e com esse pouco hábito de assistir séries, e só ter assistido esses, já me engloba no universo humano haha, pois falar de coisas em comum nos agracia de uma boa atenção.

3.    Fale de trabalho, como já dizia o velho Karl Marx “O homem se emancipa através do trabalho”, então entre no assunto e deixe o boy falar a vontade. Não é que você é interesseira sobre o que ele faz ou o que ele ganha, você apenas quer saber qual é a especialização dele, o que ele mais faz, como é no trabalho dele. Como passamos a maior parte dos nossos dias no trabalho, as melhores histórias podem estar aí...Mas cuidado, talvez ele não esteja em uma situação confortável no trabalho, se ele não empolgar de primeira, mude de assunto.

4.    Academia é um ótimo assunto pra galera fitness, eu particularmente não entendo nada de papo de academia, apesar de frequentar uma a muitos anos, mas vejo uma galera que morre de falar de treino, dieta e etc, então essa é uma ótima saída se os dois compartilharem desse hobby.

5.    Lazer sempre cola né, que tal começar vasculhando os locais em comum? Se você está na balada ou conheceu o boy na balada, começe perguntando quais boates ele frequenta, ou até mesmo dê palpite, pergunte se ele já foi em algum lugar que você gostou muito. Se balada não colar haha, aposte nos restaurantes, afinal, todo mundo come né! E quem não curte um bom restaurante, principalmente em locais que não tem praia. Falando em praia, me lembro de Formosa – GO, cidadezinha boa, mas sem opção de nada, quando chovia os bares lotavam, traduzindo, todo mundo curte um bar e uma festa, então os eventos na cidade sempre dava o que falar. Se você mora em um lugar que quando tem festa a cidade toda vai, já sabe o que falar né? E lazer não acaba por aí, converse sobre tudo.

6.    Esportes contempam as massas né! Todo mundo nesse mundinho de Deus já tentou fazer algum esporte, nem que seja uma corridinha no fim da tarde. Se  boy for daqueles que você bate o olho e já conclúi que ele não pratica nem levantamento de garfo, inicie a conversa com uma história pessoal sua, do tipo:- Nossa, uma vez eu fui jogar vôlei e levei uma bolada na cara. Kkkkkkkk Ele vai se jogar na gargalhada e vai entrar no papo.

7.    Desejos futuros, se não for casamento, família, namoro, compromisso ou qualquer coisa da área você pode falar, afinal você não quer passar a impressão de que está desesperada por um relacionamento né? Então não inicie a conversa perguntando qual é o desejo do boy, você nunca sabe o que pode sair daí, imagine essa pergunta como a caixa de pandora haha. Você que está conduzindo a conversa agora, então inicie esse papo contando algum desejo seu que seja surpreendente, um exemplo disso está logo aqui, em mim, eu quero ser PRF e quando eu conto isso pras pessoas elas me enchem de pergunta, imagina, cara doce, voz fina, formação em serviço social, só sei que é muito pano pra manga né.

8.    Elogios sempre almentam o ego né, quando alguém elogia minhas unhas eu conto até da minha biza que tem as unhas fortes kkkkkk imagina elogiar o ego dos meninos, eles vão adorar te explicar como eles mantêm os músculos fortes, como são inteligentes e antes dos 30 anos já tem doutorado, como são ótimos na cozinha com os segredos da vovó, sei que dá pra elogiar um infinito de coisas que vão dar o que falar.

9.    Livros, artigos, trabalhos acadêmicos e afins, se o boy for cabeça ele vai adorar te explicar como as nanopartículas de cobalto influenciam em no sei o que kkkkkkkkkk demonstre estar super interressada e sempre sorria, se tiver dúvidas sobre a temática, pergunte! Mas não faça muitas perguntas pro boy não achar que está conversando com uma porta né... Então se resuma a sorrir, balançar a cabeça, faça perguntas cultas e se você também for cabeça, fale sobre sua área também, mulheres inteligentes tem esse diferencial né gata!

sexta-feira, 25 de setembro de 2015

Sobre ser feliz sozinha...é possível?

Casei gente! Olha aí!


Só que não! Essa foto foi só um ensaio pra quando eu encontrar meu super herói.

Brincadeiras a parte, falemos sobre a felicidade e o que nos causa borboletas no estômago, coceirinha no coração, frio na barriga, nó na garganta...

Então, é possível ser feliz sozinho(a)?

Hummm...acho que trata-se de uma questão de autoconhecimento e respeito a si e aos outros. Vou explicar melhor.

Se para ser feliz, você entende que precisa de alguém com você, de um relacionamento sério e estável e é isso que te causa todos aqueles sentimentos que descrevi acima, ok. Não há nada de errado com você. Corra atrás disso, sem medo de erros e acertos e esteja preparado(a) para um grande amor ou uma grande decepção. Mas saiba que até esse momento chegar ou nos interstícios, é preciso ser feliz também. Aproveite a vida, seus amigos, sua família e seus Pets. Quem sabe não é o momento de dar aquele up grade na carreira profissional, estudar. Saiba também que é preciso sorrir no chá de bebê da colega, ser a madrinha de casamento do seu melhor amigo, enfim, participar da vida dos que estão em um relacionamento e tudo isso com humor.

O contrário também é válido. Se você entende que não precisa estar em um relacionamento, adora ser solteiro(a) mas não necessariamente sozinho(a). Enfim, se estar acompanhado não é condição sine qua non para viver plenamente feliz, ok. Também não há nada de errado com você. Desde que isso seja fruto do seu autoconhecimento. Entenda, se você diz pra todo mundo que não precisa de ninguém como forma de esconder grandes frustrações da vida, aí sim você tem problema. Melhor lidar com isso logo, antes que você se torne um ser desagradável e não quisto pelos seus amigos.

E tudo bem estar confuso(a), colega. A vida bandida também pode ser tão interessante quanto estar com aquele boy magia. E não tenha pressa de tomar decisões, pense bem, analise e não engane seu coração nem as pessoas que te querem bem. Transitar por esse dois momentos pode ser emocionante.



Até o próximo blá blá blá!





quinta-feira, 24 de setembro de 2015

Sobre vestidos longos...e já é quinta-feira!

Se o calor continua, os vestidos também.

E hoje, pra variar, vamos de longo.


Esse vestido da LE LIS BLANC é super fresquinho para quem gosta do estilo hippie de boutique. O modelo é amplo, muito confortável. Para marcar a cintura optei por um cinto de elástico nos tons do vestido, com uma fivela dourada.

Dependendo dos acessórios escolhidos, esse vestido pode ser usado em várias ocasiões. Sem o cinto e com uma rasteira, é possível curtir uma tarde sábado com os amigos ou fazer compras. Nesse caso a maquiagem deve ser leve. Com um sapato neutro e clássico, minha opção de hoje, o look fica adequado para o trabalho ou eventos menos formais. Com jóias e maquiagem mais elaborada, sapato de festa e cinto de pedras, ficará linda como convidada de casamentos ou formaturas.

Já que o vestido tem informações suficientes, o escolhido foi esse peep toe nude, de verniz da Corello. É meu sapato curinga, fica bem com quase tudo. Sapatos neutros, terrosos, white e alguns tons de rosa se confundem com a pele, o que é perfeito quando estamos na dúvida de como combinar o sapato com peças coloridas e estampadas.

Até o próximo look!


quarta-feira, 23 de setembro de 2015

Sobre drinks e bons papos...


Calma, calma!


Não é meu objetivo incentivar ninguém a encher a cara. Cada um sabe o que faz e conhece seus limites.

Quero falar sobre os bons momentos entre amigas que, geralmente, acompanham bons drinques.

Amamos sentar em um bar novo, cheio de drinques novidade. É só um motivo para nos reunirmos e finalizarmos aquele dia cheio de trabalho com boas risadas, regando nossa amizade com o que a Brasília tem de melhor. Ou aproveitar a casa de alguma colega para criarmos novas bebidas e testarmos habilidades culinárias

Não temos vergonha de conhecer um novo lugar, a curiosidade sempre fala mais alto.

Aí é só sentar e compartilhar boas histórias. Falamos mal dos boys e comparamos as performances, choramos e lamentamos aquele pé na bunda. Também tiramos onda quando o WhatsApp está bombando. Organizamos aquela viagem que nunca sai. Compartilhamos os melhores conselhos que, provavelmente, não seguiremos. Nos enchemos de cultura inútil, nos tornamos pensadoras contemporâneas. Usamos palavras chulas em nosso vocabulário, afinal, passamos o dia inteiro falando academiquês,  pedagogês, jurisdiquês etc. 

Para as novas amigas sempre há espaço. Aceitamos cada uma como são. Mas logo aviso, mente aberta colega! O que acontece no bar, fica no bar.

E não importa a nossa idade, se estamos na casa dos 20, 30 ou 40. Depois do primeiro gole, todas temos no mínimo dez anos a menos. A maturidade fica para o ambiente profissional.

Se não quer beber, ótimo, dirige pra gente.

São esses momentos que trazem leveza a vida, fortalecem laços de amizade e nos revigoram pra vida que segue. Deixamos problemas e agonias e damos espaço ao riso frouxo, ao elogio descarado e ao companheirismo. No outro dia nos veremos com aquele sorriso no canto da boca ou um jeito envergonhado, lembrando dos bons momentos, aqueles que são possíveis de lembrar. Estaremos prontas para o que der vier e já marcando o próximo encontro.

Aos novos boys, namorados, maridos e filhos eu aviso, sempre teremos esse momento na semana e agradeçemos se puder nos buscar. É lógico que a reciprocidade é garantida.

Conselho: beba água e coma alguma coisa pra não dar trabalho pra ninguém. Certifique que o local escolhido é seguro, com saídas de emergência, brigadistas. A noite precisa terminar tão bem quanto começou.

Sobre o vestido de quarta-feira...

Se o calor continua em Brasília, os vestidos continuam saindo do armário.


Acho que já é possível perceber que adoro uma cintura marcada e saias mais rodadas. Esse tipo de vestido se adéqua a quase todo tipo de situação. É possível ir trabalhar, curtir um happy hour com as amigas, dar uma volta no shopping e até mesmo encontrar o boy no fim do dia.

Para hoje, o escolhido foi esse vestido listrado da Damyller, é de coleção passada, mas ainda é tendência para esta estação para quem curte o estilo navy. No link abaixo, tem modelos semelhantes.

Considerando a neutralidade do vestido, é possível ousar nos pés. Escolhi esse peep toe amarelo e preto para acompanhar a proposta mais divertida do look. Lembrando que meninas mais baixinhas devem tomar cuidado com esse tipo de sapato estilo boneca que corta no tornozelo. Sapatos com o peito do pé livre favorecem mais quem quer alongar a silhueta.

O batom é um clássico da Mac. O famoso Rebel. Como sempre aposto em olhos neutros, fico livre abusar das cores nos lábios.

Até o próximo look!

Vestido: http://www.damyller.com.br/vestido/Feminino
Sapato: http://boutiqueonline.jorgebischoff.com.br/index.aspx
Batom: http://www.sephora.com.br/mac/maquiagem/labios/batom-mac-lipstick-7432

terça-feira, 22 de setembro de 2015

Sobre o amor que não tira férias e nem tem regras...

Estava procurando uma foto que refletisse o amor e achei a Chanel, rss.


Brincadeiras a parte, falemos sobre esse mal que emburrece grande parte das pessoas infectadas por ele, o amor...

Se para o primeiro encontro eu tenho 10 dicas, depois não sei mais nada.

Em 29 anos de existência já vi de tudo nessa vida. Já vi o boy unção casar com moça nem tão formosa a vista. Já vi gente encontrar um grande amor na vida bandida. Já vi casal virgem que não curtiu o fruto depois de casar e mesmo assim teve três filhos. Já vi boy magia feliz com outro boy magia. Já vi gente sendo feliz depois do terceiro casamento.

Conheço rapazes que amam uma bordinha de catupiri pra fora do cós da calça da moça. Conheço menino que tem nojo de celulite. Já vi caras de 30 anos que casaram com a vida bandida para sempre. Ja vi moço de 25 sonhando em casar e ter filhos. Conheço gente que se apaixona e diz eu te amo no primeiro encontro. Conheço casais felizes, conheço casais infelizes. E ainda há aqueles que consideram viável o poliamor, desde que todos os envolvidos estejam de acordo.

Quanto a mim, estou ciente que tudo pode acontecer, no momento e hora mais improvável, ou simplesmente não acontecer.

Cheguei a conclusão que o único jeito é pedir a Deus que sorteie você para viver um grande amor, caso seja isso que você queira, vai que você quer viajar um pouco antes. E aí Deus usa um tipo de poder discricionário, ou seja, está imbuído de certa liberdade do Agente Divino.

Na dúvida ame suas amigas, seu cachorro, sua família...Mas não desiste não, colega !

Sobre o look de terça...clássico e elegante!


Mais um dia de trabalho para os profissionais da educação de Brasília, em mais um dia quente e abafado. 

Como hoje teremos a abertura da Jornada de Gestão Pública do IFB, pensei em um look sóbrio, clássico e elegante para ocasião, mas precisava fugir de calças e camisas, pois não suportaria o calor.

O eleito foi este vestido da 2tempos. Sim, metade do meu guarda roupa é dessa loja, sou cliente  desde 2009, eu acho. A justificativa é simples. O corte é perfeito para meninas com curvas, que precisam acomodar e disfarçar quadris largos, por exemplo. O recorte no colo da o charme do vestido, sem vulgarizar. O corte evasê ressalta a cintura e trás feminilidade ao visual.

O ponto de cor fica por conta desse peep toe verde da Carmen Steffens. O salto mais grosso garante o conforto necessário para um dia inteiro de trabalho, sem abrir mão da elegância.

Por fim, o batom escolhido é o Brave Red da Mac.

Até o próximo look!



segunda-feira, 21 de setembro de 2015

Sobre o look do dia...e não é sobre isso que adoramos saber?


Look de trabalho para uma segunda-feira ensolarada.

Aproveitei o calor para apostar nos vestidos escondidos no armário.
Esse vestido da 2tempos (coleções passadas) é super adequado para ambientes de trabalho que transitam entre formalidade e a informalidade. Ressalta a cintura e o decote V alonga a silhueta.

Para trazer modernidade, escolhi um sandália que contrastasse com o vestido. A eleita foi essa novidade da Corello.

Na maquiagem, aposto sempre em olhos neutros e levemente delineados com lápis preto mesmo. O toque de cor ficou por conta desse batom lindo da Mary Kay, cor Hibiscus.


Vestido: http://2tempos.com.br/
Sandália: http://shop.corello.com.br/sandalia-geometric-black-white-7289.aspx/p
Batom: http://www.marykay.com.br/lips_pinks_hibiscus.html

Sobre encontros... com os boys. Dicas!


Quem nunca tomou coragem de ir encontrar aquele boy que conheceu em sites ou aplicativos de relacionamento?
Não importa a motivação. Um grande amor, o que rolar, um beijo ou algo a mais, Existem cuidados que precisam ser seguidos.
Não sou nenhuma Expert no assunto, mas vivi minhas experiências. Por isso, criei 10 regras de primeiro encontro:

  1. Se tudo não for mentira, alguma coisa é. Eles sempre vão mentir sobre alguma coisa ou sobre tudo. Então tenha sempre um pezinho atrás. Na dúvida, joga o nome dele no Google.
  2. Cinema pode não ser uma boa opção para o primeiro encontro. Você pode amar o boy no primeiro olhar mas também pode descobrir que as fotos enganavam um pouco. Por educação você pode até decidir continuar com o encontro, e estar dentro de um cinema com alguèm que não gostou pode ser um pesadelo. Melhor um lugar onde vocês possam conversar e se conhecer.
  3. Escolha lugares públicos, de fácil acesso e com rota de fuga. Restaurantes e bares perto de casa. Se a conversa for boa o que acontece depois não é da minha conta. Se não for, pelo menos comeu e bebeu bem. 
  4. Não deixe o boy te buscar em casa no primeiro encontro, depois, tudo certo. Imagine que o encontro não foi o que você esperava e agora ele sabe até onde você mora. Cuidado!
  5. Pra fugir, é só pegar a sua bolsa e dizer que vai ao banheiro. Adeus!
  6. Deixar ele pagar a conta é um gentileza dele pra você. E daí se você é rica e independente!
  7. Conte para alguém de sua confiança que você vai conhecer um boy novo e lugar do encontro.
  8. Não use batom vermelho! Na maquiagem, invista em olhos poderosos. Ninguém quer chegar em casa com batom na orelha.
  9. No look, seja você! Deixe a impressão que você se preparou para aquele momento especial.
  10. Se você não costuma beber ou não sabe beber, não beba. Embriagada, pode ser que seus critérios de seleção fiquem alterados. Aí o que você achou maravilhoso hoje pode não ser fantástico amanhã.
Se tudo der certo, divirta-se! 
Vai que vira amor... ou não...e daí...ou tanto faz...

Sobre BB Cream...novidade nem tão novidade assim.

Sobre BB Cream

Na correria do dia a dia não temos tanto tempo para cuidados com a pele e ainda construir um boa maquiagem. Precisamos de praticidade e de produtos que deixem nossa rotina de beleza mais rápida e durem o dia todo.
Na busca de produtos que atendessem a estes requisitos, encontrei dois BB creams que cumprem muito bem o seu papel. Uso um para os dias mais quentes e úmidos e o outro para os típicos dias secos de Brasília. Vamos conhece-los.

BB Cream Big Easy Spf 35 Pa+++

O Big Easy é o multi-balanceador da Benefit para uma pele perfeita que é mais que um BB Cream! Ele contém ingredientes conhecidos por balancear a pele e controlar a oleosidade. É perfeito para conseguir uma pele natural, aveludada, com acabamento seco! Disponível em 5 tons.

Por que é mais do que BB?

• Fórmula líquida-pó: super leve e confortável, funde-se perfeitamente à pele como um creme, mas deixa um acabamento em pó.

• É muito fácil achar o tom perfeito, pois se ajusta automaticamente ao tom da pele.

• Permite sobrepor camadas para obter coberturas diferentes.

• Protege de raios UVA e UVB com FPS 35 PA+++, prevenindo os sinais da idade.

• É livre de óleo, livre de fragrâncias e não comedogênico.

• Ótimo para todos os tipos de pele.

• Contém extratos botânicos derivados do alcaçuz, que balanceiam a pele.

• Contém gluconato de zinco, que controla a oleosidade e deixama pele mais uniforme.

Modo de uso: Aplique o produto no rosto todo, partindo do centro e espalhando para fora. Ele pode ser espalhado com os dedos ou com um pincel de base. Você pode sobrepor camadas de big easy para conseguir diferentes níveis de cobertura!

De fato é tudo isso. Uso nos dias mais quentes. Dura em torno de 8 horas seguidas na pele com uma fina camada de pó. Adapta-se perfeitamente ao tom da pele e não fica devendo na cobertura. Segura bem a oleosidade da pele por umas 4 horas, depois uso um lencinho para remover um pouco do brilho.


Base Pure Radiant Tinted Moisturizer SPF 30



Pure Radiant Tinted Moisturizer é um hidratante com cor de cobertura leve e translúcida com proteção solar FPS30 PA+++. Enriquecida com complexos minerais oceânicos, vitamina C e Kopara originado da Polinésia Francesa, revitaliza a pele deixando-a mais hidratada, macia, suave e naturalmente iluminada.

Recomendado para todos os tipos de pele. Livre de óleo, parabeno e fragrância sintética.

Perfeita para o inverno quando a pele sofre mais com o clima seco. Entretanto, exatamente por ser mais hidratante, não dura tanto. No meu rosto segura umas 6 horas com uma leve camada de pó na zona T do rosto. A cobertura é leve, mas é possível sobrepor camadas até uma cobertura média.


Os dois produtos eu aplico com os dedos. Espalho levemente pelo rosto e depois dou leve batidinhas com a ponta dos dedos para ficar bem natural. Com esses dois produtos não sinto necessidade de comprar base ou primer. Eles são suficientes mesmo em looks mais elaborados. Basta retocar olheiras e manchinhas com o corretivo de sempre e estará pronto para festa ou para o trabalho.

Sobre mim...

Oi gente!

Sou Maína Emanuelle Lins.

Sou Pedagoga, servidora pública e amo o mesmo que a maioria das mulheres: boys e outras "drogas", sobre os quais falaremos por aqui.

Em breve teremos outra colaboradora. Aguardem!